Notícias

08 de agosto | 19:38

Avanco Resources inicia sondagem no projeto Pedra Branca

A Avanco Resources informou, na quinta-feira (3), que iniciou uma campanha de sondagem no projeto Pedra Branca, localizado nos municípios de Curionópolis e Parauapebas, no Pará. Segundo a empresa, que opera no Brasil por meio da AVB Mineração, a campanha tem o objetivo de avaliar a extensão dos recursos no projeto de cobre e ouro.

"O primeiro furo foi concluído em Pedra Branca East e confirmou que o corpo mineral permanece aberto ao longo da camada mineralizada e apresentou teores atraentes", diz o comunicado.

O furo APBD-17-64 é o primeiro de uma série de furos planejados para testar a extensão da mineralização de Pedra Branca East e interceptou o corpo mineralizado a aproximadamente 70 metros ao longo da camada mineralizada do furo anterior. "A extensão dos recursos ao longo da camada mineralizada tem o potencial para aumentar e expandir Pedra Branca East, melhorando assim a economicidade do projeto e a vida útil da mina", afirma a nota.

Segundo a mineradora, que opera no Brasil por meio da AVB Mineração, os novos dados sobre a extensão da mineralização serão incluídos no estudo definitivo de viabilidade, que está em andamento.

De acordo com o comunicado, a interseção identificada pelo furo APBD-17-64 contém uma zona mineralizada com aproximadamente 24 metros de extensão (vertical) composta por "calcopirita (mineralização de cobre) disseminadas e inclui uma zona de alto teor semi-maciça e com mineralização em forma de brechas, um aspecto característico do corpo mineral de Pedra Branca".

Os resultados mostram 18,90 metros @ 2,39% de cobre e 0,62 g/t de ouro a partir de 454,70 metros, incluindo 4,60 metros @ 7,43% de cobre e 1,53 g/t de ouro a partir de 469 metros.

A campanha de sondagem terá ao todo 5.000 metros e está em andamento na direção leste e em mergulho no corpo mineral "para melhor definir a extensão e o tamanho do corpo mineralizado, e será seguida por uma sondagem de detalhamento" com o propósito de converter recursos inferidos a uma categoria mais elevada.

A mineradora diz ainda que mais uma plataforma de sondagem está no local e vai ser usada para amostragem e sondagem geotécnica e metalúrgica. As informações são do Notícias de Mineração Brasil (NMB).

Dúvidas ou sugestões
Estamos a disposição, caso tenha alguma dúvida ou sugestão, sinta se a vontade em entrar em contato conosco através dos contatos abaixo:
Fone: (61) 35477645
E-mail: abpm@abpm.net.br