Notícias

16 de setembro | 23:03

CBRR participou ativamente da última Exposibram

Para os que ainda não conhecem a CBRR, é uma certificadora internacional de recursos e reservas minerais ligada ao CRIRSCO (certificadora mundial de recursos e reservas). A CBRR nasceu de uma iniciativa da ABPM que agregou a ADIMB e o IBRAM e hoje os três participam da instituição, que pela sua natureza é totalmente independente.

Na Exposibram, a CBRR teve a oportunidade de reunir vários certificadores (PQR’s) em um café da manhã para alinhamento de posições e definição de rumos para o futuro da entidade. 

Além disso, o presidente da CBRR (Comissão Brasileira de Recursos e Reservas), Marcos Gonçalves, apresentou no dia 11 de setembro uma palestra focada no histórico da comissão, seus desafios presentes e futuros, e ainda apresentou os próximos dois cursos de capacitação que a entidade promoverá em Salvador e Belém. 

Em breve o padrão CBRR será regulamentado pela Agência Nacional de Mineração (ANM), permitindo ao Brasil se juntar aos países como Canadá (43101), Austrália (JORC), ter seu padrão reconhecido para os relatórios de reserva e viabilidade de projetos, fato muito importante para assegurar financiamento e poder levar os direitos minerais a condição de garantias de financiamento. Uma CBRR forte será muito importante na atração de investimentos.

Marcos André Gonçalves, presidente da CBRR, comentou “todos nós na comissão estivemos mobilizados durante o congresso do Ibram para interagir e divulgar a importância do sistema de certificação de reservas, e para isso, a feira Expominas foi o palco ideal. Durante o café da manhã realizado apenas com os PQRs já registrados, foi possível compartilhar percepções e opiniões sobre os desafios da entidade, e também compartilhar sugestões para iniciativas futuras. A palestra realizada foi também ótima oportunidade para divulgar o trabalho em curso e mostrar um pouco das ações em curso. Há forte interesse dos profissionais do setor em buscar se tornarem PQRs, o que  só aumenta nossa responsabilidade”. 

Um fato importante é que associar e se credenciar implica numa avaliação da vida profissional e competência do PQR, examinada por uma comissão, um processo que não é lento mas não é imediato, explica Luis Azevedo, presidente da ABPM. Ele sugere que os profissionais comecem agora este processo e não esperem para entrada em vigor da resolução da ANM, e conclui que para certificar o profissional precisa conhecer os critérios do CRIRSCO e da CBRR que cursos da própria CBRR são fundamentais.

Dúvidas ou sugestões
Estamos a disposição, caso tenha alguma dúvida ou sugestão, sinta se a vontade em entrar em contato conosco através dos contatos abaixo:
Fone: (61) 35477645
E-mail: abpm@abpm.net.br / secretaria_exec@abpm.net.br