Notícias

27 de novembro | 20:40

Exposibram 2020: Presidente da ABPM participa de lançamento dos editais da CPRM de Miriri e Bom Jardim

O presidente da Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa Mineral e Mineração (ABPM), Luis Maurício Azevedo, participou do lançamento dos editais dos leilões da promessa de cessão de direitos minerários do Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM) dos depósitos de Bom Jardim (GO) e Miriri (PE-PB), na manhã desta quinta-feira (26), durante a Expo & Congresso Brasileiro de Mineração 2020 (Exposibram 2020). 

 

Azevedo elogiou a maneira como os leilões estão sendo feitos. “Destaco os critérios de transparência e contemporaneidade. O leilão quebra paradigmas ao possibilitar que a sociedade participe, de forma livre e clara, dos proventos do eventual sucesso dos leilões”, afirmou.

 

O presidente também ressaltou o acesso a fontes alternativas para o desenvolvimento das atividades agropecuárias, por exemplo. “O sucesso dos leilões vai ser contemplado pela sociedade não só na parte imediata, que é a da assinatura, mas também com a possibilidade de participação na execução e desenvolvimento do projeto”, avaliou. “O principal beneficiamento será a oportunidade de a sociedade se beneficiar de uma fonte alternativa de insumos de fertilizantes para a agricultura. A sociedade está se beneficiando desde o início até o final do processo”, completou Azevedo.

 

Outro ponto abordado pelo presidente foi a aplicação da evolução dos critérios de licitação. “Estamos partindo de um modelo não só de bônus objetivo mas possibilitando todos os atores envolvidos a participar dos processos com bônus pagos ao longo do tempo, e o principal: incentivando as propostas do melhor projeto de pesquisa”, observou.

 

Azevedo elogiou o trabalho feito pelo SGB-CPRM e afirmou que a grande quantidade de minerais apresentada é extremamente adequada para a desenvoltura de empreendedores. “São quase cinco milhões de toneladas de fosfato. Espera-se que o preço do cobre dobre - se compararmos com um ano atrás, o ganho é de mais de 15%. Então, realmente é o momento de se fazer uma licitação de um projeto de cobre”, argumentou o presidente. “O depósito de Bom Jardim pode deixar o Brasil um pouco mais perto da autossuficiência em cobalto, que também tem alcançado preços bons no mercado. As empresas vão se interessar pelo leilão, não tenho dúvidas”, apostou, destacando que locais próximos à região de Miriri tem se destacado na agricultura, o que vai contribuir para o alto interesse também no leilão desse projeto. “Elogio essas iniciativas da CPRM. Agora, é esperar para colher, muito em breve, os bons resultados dessas ações. Parabéns aos envolvidos”, finalizou Azevedo.

 

 

Outros participantes do evento incluíram o secretário de Geologia e Mineração do Ministério de Minas e Energia (MME), Alexandre Vidigal, e o diretor-presidente do SGB-CPRM, Esteves Colnago, além da secretária especial da Secretaria do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Martha Seillier; do diretor de programa da Secretaria de Parcerias em Energia, Petróleo, Gás e Mineração do PPI; do diretor de Geologia e Mineração do SGB-CPRM, Marcio Remédio; do coordenador da diretoria de Geologia e Mineração da CPRM, Leandro Bertossi; e do jornalista da Revista Brasil Mineral, Francisco Alves.

 

 

 

Assessoria de Comunicação
Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa Mineral e Mineração (ABPM)
comunicacao@abpm.net.br

Dúvidas ou sugestões
Estamos a disposição, caso tenha alguma dúvida ou sugestão, sinta se a vontade em entrar em contato conosco através dos contatos abaixo:
Fone: (61) 35477645
E-mail: abpm@abpm.net.br / secretaria_exec@abpm.net.br