Notícias

25 de junho | 20:18

Futuro dos remineralizadores na agricultura

O Ministério de Minas e Energia (MME) discutiu, com apoio do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), Agência Nacional de Mineração (ANM), Embrapa Clima Temperado e Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA/MAPA), as experiências e o futuro dos remineralizadores na agricultura. O evento aconteceu na segunda-feira (17) em Brasília.

Inicialmente, conhecido popularmente como “pó de rocha”, quando foi normatizado em 2015, este produto hoje pouco lembra a uma rocha moída e peneirada que tinha como função de melhorar a qualidade física e química do solo.

Percebemos que, por demanda e exigência do produtor rural, este produto tornou-se não um substituto mais barato, mas uma alternativa para os fertilizantes convencionais reconhecidamente eficientes, embora sejam ecologicamente questionáveis.

Com a legislação e registro do Mapa através das instruções normativas 5 de 14 de março de 2016, foram discutidos a situação atual dos registros de remineralizadores no MAPA (Hideraldo Coelho), a modernização da legislação de remineralizadores – MAPA (Rubim Gonczarowska) e oportunidades e desafios para a utilização dos resíduos – o caso do Espírito Santo (Rogério Ribeiro).

 Percebeu-se que os técnicos que estudam os remineralizadores de solos na UnB (Suzi Theodoro) e CPRM (Magda Bergmann), assim como os produtores, veem com ceticismo esta busca de dar destino ao rejeitos como remineralizadores.

O uso de rochas como remineralizadores, segundo Magda, foi objeto de muitos estudos, geológicos, e nem toda rocha se presta para tal fim. Suzi Theodoro destacou toda uma gama de estudos agronômicos e características.

Estudando o assunto há muitos anos viu o quanto os empresários do setor dedicaram em termos de convencimento junto ao mercado consumidor. Eles temem que se banalize uma ciência e alertam que não se busque um relaxamento da norma, para permitir venda de rejeitos e estéreis, sem qualquer eficiência agronômica.

Discutiu-se a necessidade e protocolos para avaliação de remineralizadores de solos, com apresentação da Embrapa (Carlos Augusto Posser Silveira).

Foram apresentados exemplos de remineralizadores de solos como KP Fértil, que anunciou um encontro de cientistas do setor em fertilização, microbiótica e agroecologia com produtores regionais nas dependências da Universidade de Patos de Minas no dia 24 de julho.

 
Dúvidas ou sugestões
Estamos a disposição, caso tenha alguma dúvida ou sugestão, sinta se a vontade em entrar em contato conosco através dos contatos abaixo:
Fone: (61) 35477645
E-mail: abpm@abpm.net.br / secretaria_exec@abpm.net.br