Notícias

15 de maio | 22:32

Setor mineral está preparado para Covid-19

O setor mineral se antecipou à pandemia de Coronavírus e está preparado para funcionar. A afirmação foi feita pelo presidente da Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa Mineral (ABPM), Luis Azevedo, durante o webinar “Geologia e Mineração em tempos de Covid”, realizado na semana passada pela Federação Brasileira de Geólogos (Febrageo).

“Nos preparamos para a pandemia muito antes do país. Tínhamos acumulado EPIs, planos desenvolvidos para isso”, declarou. Segundo ele, as empresas estão funcionando com uma série de cuidados de segurança, como distanciamento de empregados e no transporte, por exemplo.

Entretanto, de acordo com Azevedo, por causa da pandemia, o setor mineral terá redução de investimentos em exploração mineral e desenvolvimento de projetos da ordem de 40% a 60%.  “40% sobre os investimentos de construção e desenvolvimento e até 60% dos investimentos em exploração mineral”, disse.

Segundo Enir Sebastião, geólogo, diretor de Transformação e Mineração do Ministério de Minas e Energia (MME), nesse momento o mais importante é a segurança jurídica, a previsibilidade das regras e a estabilidade para atração de investimentos para o setor. “Um setor que necessita de investimentos de risco, investimentos estrangeiros, que os empresários no país não têm tanto recurso para investir, então o importante é ter a segurança jurídica”, declarou.

Ele citou como exemplo a criação e estruturação da Agência Nacional de Mineração (ANM), a lei que alterou a Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM) com o maior recolhimento para o governo e mudanças pontuais de atualização do Código de Mineração. “Nós acreditamos que essas alterações já dão uma base legal jurídica para que as empresas possam operar com certa segurança e investir em investimentos de longo prazo tendo essa base de segurança”, afirmou.

Claudio Sciliar, geólogo, professor aposentado ICG/UFMG e professor voluntário FAE/UFMG, destacou que é preciso que o governo discuta ações com as entidades de trabalhadores também. “A mineração é essencial. Nós estamos numa pandemia em que os mais pobres são os que vão ser mais afetados”, disse. Segundo ele, é a primeira vez na história do país que se tem uma calamidade pública nacional.

Dúvidas ou sugestões
Estamos a disposição, caso tenha alguma dúvida ou sugestão, sinta se a vontade em entrar em contato conosco através dos contatos abaixo:
Fone: (61) 35477645
E-mail: abpm@abpm.net.br / secretaria_exec@abpm.net.br